quinta-feira, 31 de julho de 2014

Ferias

Meus amigos,
Estou em ferias e só voltarei as minhas atividades normais, a partir do dia 11 de agosto de 2014.

Abraço a todos

Messias

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Simbologia de Soldagem

Os simbolos de Soldagem foram desenvolvidos por American National Standards Institute (ANSI) e a American Welding Society (AWS). No  Brasil utiliza-se a norma da ABNT NBR 5874, a qual copia integralmente a norma AWS A2.1 e AWS A2.4
Para ver a simbologia completa veja a publicação ANSI / AWS A2.4-2012 (Standard Symbols for Welding, Brazing, and Nondestructive Examination.)
Abaixo veja em detalhe o símbolo inteiro, que chamamos de Símbolo de soldagem.
Símbolos de soldagem são usados ​​em desenhos de peças e montagens que estão unidos por soldagem. Um símbolo de soldagem pode aparecer em qualquer vista sobre o desenho. Sempre que duas ou mais peças são unidas por soldadagem, o produto montado é chamado de conjunto soldado. Quando as peças de um conjunto soldado são montadas, as linhas ao longo das quais as suas arestas e superfícies entrem em contacto são chamadas juntas.
O desenho de um conjunto soldado raramente mostra como as bordas devem ser preparadas ou como a solda após concluída aparece. O desenho mostra apenas como as partes se juntam e que tipo de conjunto que formam. Ocasionalmente, quando uma junta soldada incomum ou muito complexa precisa a ser feita, um “detalhe” desenhado da junta pode ser feito para mostrar a geometria e dimensões da junta.
Os símbolos de soldagem fornecem todas as informações necessárias à soldagem tais como: geometria e dimensões do chanfro, comprimento da solda, se a soldadeve ser executada no campo, etc. Compreender esses símbolos e de vital importância para quem trabalha com soldagem em geral. Desenhistas, projetistas, engenheiros, encarregados de caldeiraraia, montagens industriais, inspetores de solda, e claro você meu amigo soldador.

Simbologia de Soldagem Aula 1


Simbologia de Soldagem Aula 2


Simbologia de Soldagem Aula 3

Simbologia de Soldagem Aula 4



Simbologia de Soldagem Aula 5


Garantia Premiada Weld Vision


"A WELD VISION lançou a promoção "Garantia Premiada WELD VISION", e está sorteando uma TV 43" + um home theater.
Para participar é simples: ao comprar um equipamento Weld Vision em uma das mais de 800 revendas por todo o Brasil, você cadastra sua garantia
estendida de 1 ou 2 anos (conforme produto) gratuitamente no site www.weldvision.com.br/garantia e preenche todos os campos.
Você irá receber dois emails. Um com o registro de sua garantia estendida, e o outro com o seu número da sorte, o qual você estará concorrendo na promoção!
Agora, além de possuir garantia estendida no seu produto, você está participando da promoção Garantia  Premiada WELD VISION!
O sorteio será realizado pela Loteria Federal, no dia 10 de dezembro de 2014!
Confira nas redes sociais da WELD VISION e fique por dentro da promoção!" 

Mais detalhes veja o vídeo da promoção abaixo abaixo.






E também no Facebook da empresa.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Inversora de Solda MIG 3 em 1 (MIG, TIG e Eletrodo Revestido)


Se você é um hobista, trabalha com manutenção, recuperação automotiva, serralherias, ou mesmo caldeiraria leve ou ainda quer iniciar um pequeno negócio de soldagem, tem um espaço pequeno na sua residência, e tem somente entrada de energia 220 Volts, eu indico essa fantástica máquina de solda tipo inversora (3 em 1), que solda, (e muito bem) os três principais processos de soldagem.

MIG, TIG e Eletrodo Revestido (SMAW ou MMA).

Todos esses três processos de soldagem são importantes, porque em algumas situações MIG, será a melhor opção, em outras situações TIG ou Eletrodo Revestido será melhor. Então vale a pena ter uma máquina dessa.

Caracteristicas:

  • MIG - Ciclo de trabalho - 250A @ 35% / 200A @ 60% / 160A @ 100%.
  • TIG -  Ciclo de trabalho - 250A @ 35% / 200A @ 60% / 160A @ 100%.
  • Eletrodo Revestido (SMAW ou MMA) - Ciclo de trabalho - 200A @ 35% / 160A @ 60% / 130A @ 100%.
  • TIG (Modo DC, não solda alumínio), inicio do arco elétrico por "Lift Start" (contato do eletrodo na peça, não risque o eletrodo de tungstênio como um fósforo, apenas encoste o o eletrodo e levante que o arco inicia sem contaminar o eletrodo de tungstênio.)
  • MIG - Controle da onda, ideal para trabalho de soldas em automóveis, restauração e funilaria de carros por exemplo.
  • MIG - Possui polaridade reversa (utilizada para arames sem gás)
  • Eletrodo Revestido - Faixa de regulagem 10 amps até 200 Amps. (solda muito bem eletrodos do tipo básico, como AWS E7018.
  • Eletrodo Revestido - Controle de ajuste "Arc Force" Facilita a abertura do arco elétrico com elerodos tipo básicos
  • MIG / TIG - Pós Fluxo de gás de 1 à 10 segundos.
  • TIG - Rampa de descida 0 à 5 segundos. (Esse ajuste, facilita concluir o final do cordão de para dar um melhor acabamento e não ter aquele "furinho" indesejável no final.
  • Memória - Possui 9 canais de memória para armazenar parâmetros de soldagem.
  • MIG - Pode ser utilizado as seguintes bitolas de arame: 0.6, 0.8, 0.9 e 1.0 mm
  • MIG e TIG - Controle 2T e 4T, Com esse controle você seleciona se quer soldar pressionando o gatilho da tocha, ou solta-lo durante a soldagem.
  • Mostrador digital para Volts, Amperagem de Soldagem, etc.
  • TIG - No modo TIG pode ser utilizado controle remoto de amperagem (Pedal por exemplo).
  • Itens fornecidos: Fonte Multi Processo Guerreira 250, Tocha MIG 25K, Roletes de alimentação 0.8 e 1.0mm, Tocha TIG WP26 com 4 metros refrigerada por gás, Cabo e Grampo Terra, Porta Eletrodo. 
  • Peso liquido 25 Kg

VISTA DA INVERSORA DE SOLDA MONTADA

DETALHE DO PAINEL FRONTAL


DETALHE DAS CONEXÕES MIG E TIG.
UTILIZA BOBINA DE ARAME COM 5KG, (200MM DE DIÂMETRO)

Veja meu vídeo abaixo, para conhecer em mais detalhes dessa fantástica Inversora de solda MIG (3 em 1).




A empresa WELD VISION, possui distribuidores em todo o Brasil. Caso queira contata-la para fazer orçamentos e saber seu distribuidor mais próximo, veja os dados de contato abaixo.

Telefone: (47) 3121-5040
E-mail: vendas.gerencia@weldvision.com.br
Nome dos Contatos: Valdemar ou Marcelo



domingo, 22 de junho de 2014

Como Soldar Antimônio - "Zamak"

  • Zamak é uma liga baseada em zinco e pequena quantidade (porcentagem) de alumínio, magnésio, e cobre.
  •  Esse material é utilizado na fabricação de diversas peças de automóveis, tais como: carburadores, maçanetas, aros de buzinas, manivelas de janelas, grades de radiadores e partes de fechaduras. 
  • E também maçanetas de geladeiras, brinquedos e muitas peças no setor técnico e nas indústrias.
O que significa ZAMAK?

Zamak é um nome que tem origem na lingua alemã, da seguinte forma:

Z - Zink (Zinco)
A - Aluminium (Alumínio)
Ma - Magnesium (Magnésio)
K - Kupfer - (Cobre)
Vejam os links abaixo o primeiro sobre Zamak e o segundo sobre antimônio.


O que acontece é que todos nós dizemos que determinada peça é de antimônio, quando na verdade é ZAMAK, o procedimento que descrevo abaixo é para ZAMAK.

  1. O serviço mais importante é a remoção completa da película de cromo em torno da rachadura isto é aproximadamente 5 a 10mm de ambos os lados da ruptura.
  2. Os consertos efetuados com má remoção do cromo, que impede a fusão das duas partes, não são satisfatórios.
  3. É necessário também, deixar as faixas laterais bem limpas para que o ponto de fusão do material possa ser observado.
  4. A perfeita remoção poderá ser controlada com sulfato de cobre dissolvido. O antimônio torna-se escuro e os restos de cromo continuam brancos. 
  5. Peças grandes como maçanetas devem ser, previamente, um pouco chanfradas. 
  6. As partes a serem soldadas devem ser colocadas exatamente na posição exigida, por meio de areia, pedrinhas de tijolos, calços de chapa, etc. 
  7. Próximo ao lugar de soldagem deverá ser colocado um peso para segurar a peça no local, pois o material amolece com o calor. 
  8. Para a soldagem de peças de precisão, antes de limpar e chanfrar confecciona-se um molde de gesso com a peça semi-embutida. Assim, a peça será recuperada com absoluta precisão. 
  9. As varetas de material de adição são fundidas de sucata em uma simples lata de ferro e despejadas em uma cantoneira. Porém no mercado encontramos varetas padronizadas de 3 mm de diâmetro. 
  10. Observando-se as peças de sucata durante a fundição, distinguem-se bem nitidamente as de "Zamak" ou "Antimônio", em virtude de seu baixo ponto de fusão. 
  11. Deve-se cuidar para não "forçar" a fundição de peças mais resistentes, porque são compostas de ligas diferentes, tais como alumínio, magnésio e suas ligas.
  12. O procedimento de solda é tão simples que não necessita de óculos escuros nem  pó de solda (fluxo) especial. 
  13. Usam-se o menor extensão de solda oxiacetilênico, nº 2 Soldox 200 da White Martins, com chama levemente carburante, (mais gás e menos oxigênio). 
  14. Naturalmente, devem-se usar óculos de proteção comuns. 
  15. No início do processo esquenta-se o local da trinca lentamente, até que se possa observar a fusão na superfície. 
  16. Por meio de um arame fino, ou vareta de inox, remove-se a camada de óxido, juntando, assim as partes. Observa-se continuamente o banho mantendo-o sob controle. 
  17. Após a perfeita junção das partes, é importantíssimo o resfriamento imediato com água, para a obtenção de um grão fino e boa qualidade mecânica. 
  18. A água deve ser derramada imediatamente após a retirada da chama, praticamente sobre a solda líquida, para otimizar a qualidade da soldagem. Somente para este fim necessita-se de ajudante. 
  19. Ajusta-se a parte soldada e, caso não se tenha uma lima de alumínio, usa-se uma comum, passando giz na mesma para preservar o seu corte e evitar entupimento. 
  20. Com uma lixa lustra-se a superfície. 
  21. Com o tempo, a parte soldada tende a escurecer. 
  22. Recomenda-se, portanto, a cromação. 
  23. A peça soldada de acordo com esse procedimento estará absolutamente idêntica a uma nova.
Vejam no vídeo meu abaixo um exemplo de soldagem de uma maçaneta de antimônio, com mais de 60 anos de fabricação, utilizando o procedimento acima, infelizmente eu esta peça antes da soldagem.

Desculpem a qualidade do vídeo, ele é antigo e foi feito com uma câmera extremamente simples e sem nenhum recurso

video


sábado, 21 de junho de 2014

Como preparar uma máquina de solda MIG convencional para soldar aço Inox

Quando você vai soldar aço inox pela primeira vez, e utiliza as mesmas técnicas que você usa para soldar aço carbono, você deve-se preparar para um monte de "Dores de Cabeça". A seguir um vídeo meu com dicas para preparar uma máquina para soldagem com arame de aço inox.

Os arames de aço inox, não suportam atrito com metais, então uma série de cuidados precisam serem tomados para não terem vibrações nos conduítes das tochas, bicos de contato precisam ser utilizados com furos maiores para passagem dos arames. etc.

Bom vejam o vídeo abaixo para mais detalhes.
 



Nota de esclarecimento

Meus amigos,
Estou refazendo o site Brazil Welds Dicas Para Soldagem, e após algumas dificuldades e trapalhadas por não ser um "web master" finalmente consegui trazer o domínio para este formato em blog que eu acho será melhor para minhas novas postagens.

Desculpem o transtorno com vocêS que já me acompanham a algum tempo.

Sejam bem vindos ao novo formato do

BRAZIL WELDS DICAS PARA SOLDAGEM.